publicado por mudarorumo | Terça-feira, 11 Janeiro , 2011, 14:48

Nunca Sernancelhe teve tantos apoios do governo como actualmente. Mesmo sendo um município do PSD, o governo tem ajudado constantemente o nosso concelho. Esta ajuda demonstra a política de proximidade que o Governo de José Sócrates tem com o interior do país. Será que o PSD, quando esteve no Governo, apoiou desta forma o nosso concelho? A resposta todos nós sabemos bem qual é...

 

FW: P/C LUSA: Mais 100 sapadores vão estar a trabalhar em 15 distritos até final de junho - secretário de Estado Florestas e Desenvolvimento Rural

 

Florestas
Mais 100 sapadores vão estar a trabalhar em 15 distritos até final de junho - secretário de Estado

2011-01-07, 14h09


*** Serviço áudio disponível em www.lusa.pt ***
Lisboa, 07 jan (Lusa) - A floresta portuguesa vai contar com mais 20 equipas de sapadores florestais, um total de 100 profissionais distribuídos por 15 distritos para trabalharem, essencialmente, na prevenção de incêndios, anunciou hoje o secretário de Estado das Florestas.
Rui Barreiro explicou à agência Lusa que se trata de um financiamento de 1,1 milhões de euros, através do Fundo Florestal Permanente, uma medida no âmbito do Plano Nacional da Defesa da Floresta Contra Incêndios, "num reforço do dispositivo de prevenção".
Este é "um ano difícil, mas temos de continuar a apostar neste pilar da prevenção, considerando a importância estratégica de desempenho das equipas de sapadores florestais na proteção da floresta portuguesa", defendeu Rui Barreiro.
"O objetivo é que nos primeiros seis meses estas 20 novas equipas estejam a funcionar", salientou.
Atualmente, existem 294 equipas de sapadores florestais.
Está a decorrer o processo de constituição das equipas, que depende das entidades patronais: autarquias ou organizações de produtores florestais.
A principal tarefa dos profissionais é a silvicultura preventiva: limpeza de povoamentos florestais, tratamento das linhas de quebra fogo e também alguma sensibilização, vigilância e apoio no combate a incêndios.
"Estão equipados com meios mecânicos para limpar a matéria que normalmente no verão está disponível para arder", explicou o governante.
O chamado "combustível" resultante do desbaste e limpeza das matas é utilizado para produção de aglomerados de madeira ou de biomassa.
O Ministério da Agricultura subsidia o equipamento utilizado e 50 por cento dos dias de trabalho dos sapadores florestais, que também desempenham serviço público, requisitado pela Autoridade Florestal Nacional sempre que necessário, para responder às necessidades das áreas públicas ou em algumas situações específicas.
O secretário de Estado referiu que 85 por cento da floresta portuguesa é privada e os sapadores desenvolvem a sua atividade tanto na área pública como na privada.


Fonte: Agência LUSA


Janeiro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


pesquisar neste blog
 
https://c1.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/ocf047570/6597936_a4KoZ.gif
mais sobre mim
blogs SAPO
subscrever feeds